UMA – Exames de Imagem e Diagnóstico

Bem-vindo ao site da UMA – Exames de Imagem e Diagnóstico

WHATSAPP AGENDE! 17 99681-3796
Ligue, Agende! 17 3214-4666
Categoria

PET-CT

melanoma

Apesar de representar cerca de 3% dos cânceres de pele, o melanoma tem sua importância por ser o mais agressivo deles. Mesmo sendo menos comum e quase sempre curável quando diagnosticado precocemente, o melanoma é o responsável pela maioria das mortes causadas por cânceres de pele.
Para o diagnóstico ou a investigação de recidiva de uma doença como essa, a utilização do exame PET-CT é muito importante no estadiamento desse câncer de alto risco. Esse exame, além de ter um papel potencial para avaliar a resposta terapêutica, identifica ainda a disseminação da doença para outras regiões do corpo (metástase),

cardiologia

O PET com F18 – FDG é considerado padrão-ouro para avaliar viabilidade miocárdica. Quando se demonstra a presença de miocárdio viável em um paciente com doença isquêmica crônica cardíaca, indica a necessidade de revascularização, predizendo baixa mortalidade e sobrevida preservada. A ausência de viabilidade do músculo cardíaco nesse paciente, com disfunção do VE, indica a decisão de se tomar conduta clínica e/ou transplante cardíaco.
Outros traçadores para estudo da perfusão miocárdica, como o nitrogênio-13 marcado com amônia e o cloreto de rubídio-82, ainda não estão disponíveis em nosso meio.

pet

O PET-CT, a mais revolucionária técnica de diagnóstico por imagem, é uma das novidades da UMA (Unidade de Medicina Avançada) de São José do Rio Preto. A sua principal indicação é na oncologia, para a detecção de tumores, entre eles câncer de pulmão, esôfago, colo-retal e mama, além de linfomas e melanomas. O equipamento também permite acompanhar a progressão do tratamento.
A grande vantagem do PET-CT no diagnóstico por imagem é a união das tecnologias. Em um único exame, ele realiza Tomografia põe Emissão de Pósitrons (PET, na sigla em inglês) Tomografia Computadorizada, assim, ele tem a capacidade de medir o metabolismo das lesões e mostrar a presença de alterações funcionais no organismo, antes mesmo que a anatomia seja afetada.
Isto permite o diagnóstico precoce de doenças neoplásicas, o que é essencial para um tratamento mais eficaz e curativo. O exame pode mudar a conduta terapêutica em aproximadamente 40% e 60% nos estadiamentos e reestadiamentos.
O exame é seguro e não invasivo. O PET-CT consegue reduzir a dose de radiação para o paciente e apresentar sensibilidade elevada para diagnóstico e acompanhamento. Em muitos casos, é possível eliminar a necessidade de outros exames e procedimentos cirúrgicos arriscados no diagnóstico das doenças, reduzindo os custos e o desconforto para o paciente.
O PET-CT é um exame consagrado para detectar nódulos pulmonares solitários. O diagnóstico por imagem tem sensibilidade de 98% para detectar recorrência tumoral e previne cirurgia desnecessária em 1/5 dos pacientes suspeitos. O PET, como detector de metástase de câncer de pulmão, pode diferenciá-la de lesões benignas com precisão de 91%.
No caso do melanoma, câncer de pele extremamente agressivo, o exame tem papel fundamental tanto na fase de diagnóstico como para a investigação de reincidência da doença e também na avaliação da resposta terapêutica. O PET-CT é especialmente útil nos casos em que há suspeita de metástases, que não aparecem em outros exames de imagem, além de auxiliar no diagnóstico diferencial entre nódulos benignos e malignos.

Outros usos
Na cardiologia, o PET com F18 – FDG é padrão-ouro para avaliar viabilidade miocárdica. O exame contribui na decisão de se tomar uma conduta clínica e/ou realizar uma revascularização ou transplante de um paciente com doença isquêmica crônica cardíaca.
Já na neurologia, o PET-CT fornece informações importantes sobre demências, principalmente na suspeita Doença de Alzheimer, Doença de Parkinson, epilepsia e outras condições neurológicas.
COMO É FEITO
O paciente recebe uma injeção intravenosa de glicose marcada com um composto radioativo que se distribui pelo corpo todo, mas que se concentra em maiores quantidades nos tecidos tumorais. A partir daí, o contador de cintilações acoplado à tomografia colhe as imagens, que aparecerão como manchas ou regiões de brilho mais intenso nas áreas em que houver tumores. Por meio da análise dessa intensidade, o exame detecta a atividade metabólica tumoral: quanto maior o tumor, mais intenso é o brilho. As doses de radiação emitidas pelo radiotraçador administrado são pequenas e muito seguras.
COBERTURA
O PET é coberto pelo SUS e planos de saúde nos casos de Nódulo Pulmonar Solitário. Também são cobertos pelo SUS os seguintes tumores: câncer pulmonar de células não pequenas, comprovado por biópsia; linfoma; câncer no colo-retal; câncer de mama metastático, quando os exames de imagens convencionais apresentarem achados equívocos; câncer de cabeça e pescoço; melanoma; e câncer de esôfago.

UMA – UNIDADE DE MEDICINA AVANÇADA
Rua do Seminário, 2387 – Boa Vista
Tel. – 3214-4666

Agendamento

Agende seu exame aqui.

Ligue, Agende! 17 3214-4666