Bem-vindo ao site da UMA – Complexo Avançado de Diagnósticos

O que há de novo

Últimas notícias

O PET com F18 – FDG é considerado padrão-ouro para avaliar viabilidade miocárdica. Quando se demonstra a presença de miocárdio viável em um paciente com doença isquêmica crônica cardíaca, indica a necessidade de revascularização, predizendo baixa mortalidade e sobrevida preservada. A ausência de viabilidade do músculo cardíaco nesse paciente, com disfunção do VE, indica a decisão de se tomar conduta clínica e/ou transplante cardíaco.
Outros traçadores para estudo da perfusão miocárdica, como o nitrogênio-13 marcado com amônia e o cloreto de rubídio-82, ainda não estão disponíveis em nosso meio.

O coração ganhou mais um aliado na prevenção e diagnóstico de doença coronária, que pode levar a um ataque cardíaco – uma das principais causas de morte no Brasil.

A novidade agora é exame de tomografia computadorizada realizado pela equipe de diagnóstico cardiológico da UMA, que produz imagens precisas do coração sem necessidade de cateterismo e com menor radiação.
Segundo a médica Mariane Spotti, cardiologista e especialista em imagem do coração da Uma (Unidade de Medicina Avançada), até agora os pacientes precisavam fazer dois exames para identificar a doença coronária: o cateterismo, que identifica o grau de obstrução das artérias do coração, e a cintilografia com estresse, que avalia como está o fluxo sanguíneo na região obstruída.

“Sabemos que os exames invasivos apresentam riscos e com a TC excluímos os pacientes saudáveis, que não apresentam placas obstrutivas nas artérias, e muitas vezes eram submetidos ao cateterismo sem necessidade”, afirma a médica. Cerca de 50% das pessoas que passam pelo cateterismo não têm obstrução ou têm o problema em grau mínimo, aponta Mariane.

Já a médica Marina Bellini, radiologista e especialista em imagem do coração da Uma, a Tomografia é indicada ainda para avaliar com precisão a quantidade e os locais onde estão instalados os vasos obstruídos nos pacientes com a doença arterial coronariana. “O mapeamento contribui para que os exames invasivos sejam mais eficientes e assertivos”.

Para a médica Marina Bellini, a Tomografia Computadorizada também identifica qual a situação das artérias e permite que o paciente acompanhe a evolução do seu caso.
A tomografia é um exame rápido e indolor. E o mais importante: com baixa radiação. O paciente recebe, inicialmente, o contraste e, na sequência, é instalado no equipamento de tomografia. Todo o procedimento leva em torno de 15 minutos.

O PET-CT, a mais revolucionária técnica de diagnóstico por imagem, é uma das novidades da UMA (Unidade de Medicina Avançada) de São José do Rio Preto. A sua principal indicação é na oncologia, para a detecção de tumores, entre eles câncer de pulmão, esôfago, colo-retal e mama, além de linfomas e melanomas. O equipamento também permite acompanhar a progressão do tratamento.
A grande vantagem do PET-CT no diagnóstico por imagem é a união das tecnologias. Em um único exame, ele realiza Tomografia põe Emissão de Pósitrons (PET, na sigla em inglês) Tomografia Computadorizada, assim, ele tem a capacidade de medir o metabolismo das lesões e mostrar a presença de alterações funcionais no organismo, antes mesmo que a anatomia seja afetada.
Isto permite o diagnóstico precoce de doenças neoplásicas, o que é essencial para um tratamento mais eficaz e curativo. O exame pode mudar a conduta terapêutica em aproximadamente 40% e 60% nos estadiamentos e reestadiamentos.
O exame é seguro e não invasivo. O PET-CT consegue reduzir a dose de radiação para o paciente e apresentar sensibilidade elevada para diagnóstico e acompanhamento. Em muitos casos, é possível eliminar a necessidade de outros exames e procedimentos cirúrgicos arriscados no diagnóstico das doenças, reduzindo os custos e o desconforto para o paciente.
O PET-CT é um exame consagrado para detectar nódulos pulmonares solitários. O diagnóstico por imagem tem sensibilidade de 98% para detectar recorrência tumoral e previne cirurgia desnecessária em 1/5 dos pacientes suspeitos. O PET, como detector de metástase de câncer de pulmão, pode diferenciá-la de lesões benignas com precisão de 91%.
No caso do melanoma, câncer de pele extremamente agressivo, o exame tem papel fundamental tanto na fase de diagnóstico como para a investigação de reincidência da doença e também na avaliação da resposta terapêutica. O PET-CT é especialmente útil nos casos em que há suspeita de metástases, que não aparecem em outros exames de imagem, além de auxiliar no diagnóstico diferencial entre nódulos benignos e malignos.

Outros usos
Na cardiologia, o PET com F18 – FDG é padrão-ouro para avaliar viabilidade miocárdica. O exame contribui na decisão de se tomar uma conduta clínica e/ou realizar uma revascularização ou transplante de um paciente com doença isquêmica crônica cardíaca.
Já na neurologia, o PET-CT fornece informações importantes sobre demências, principalmente na suspeita Doença de Alzheimer, Doença de Parkinson, epilepsia e outras condições neurológicas.
COMO É FEITO
O paciente recebe uma injeção intravenosa de glicose marcada com um composto radioativo que se distribui pelo corpo todo, mas que se concentra em maiores quantidades nos tecidos tumorais. A partir daí, o contador de cintilações acoplado à tomografia colhe as imagens, que aparecerão como manchas ou regiões de brilho mais intenso nas áreas em que houver tumores. Por meio da análise dessa intensidade, o exame detecta a atividade metabólica tumoral: quanto maior o tumor, mais intenso é o brilho. As doses de radiação emitidas pelo radiotraçador administrado são pequenas e muito seguras.
COBERTURA
O PET é coberto pelo SUS e planos de saúde nos casos de Nódulo Pulmonar Solitário. Também são cobertos pelo SUS os seguintes tumores: câncer pulmonar de células não pequenas, comprovado por biópsia; linfoma; câncer no colo-retal; câncer de mama metastático, quando os exames de imagens convencionais apresentarem achados equívocos; câncer de cabeça e pescoço; melanoma; e câncer de esôfago.

UMA – UNIDADE DE MEDICINA AVANÇADA
Rua do Seminário, 2387 – Boa Vista
Tel. – 3214-4666

A clínica é a primeira da região de Rio Preto a entregar o laudo
de diagnóstico por imagem online aos pacientes
A UMA (Unidade de Medicina Avançada) é a primeira clínica de diagnóstico por imagem da região de São José do Rio Preto a disponibilizar os resultados dos exames de seus pacientes pela Internet.
Os exames, como Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada, Raios X, Ultrassom, agora podem ser retirados online, 24 horas por dia, em qualquer dia da semana. Para isto, basta o paciente e/ou o médico entrar no site da UMA e com o login e senha fornecidos pela clínica, baixar o resultado.
É mais uma inovação no relacionamento com os clientes: ganho de tempo para os pacientes, que não precisam se deslocar até a clínica, e para o médico que, com o resultado mais rápido, pode oferecer um tratamento mais eficaz para seu paciente.
Todos os exames são disponibilizados para consulta em qualquer dispositivo – smartphone, tablet ou computador. Este conceito foi desenvolvido com o objetivo de proporcionar uma melhor experiência em saúde aos pacientes, de forma simples e fácil de usar.
A plataforma instalada pela UMA permite, ainda, manter um relacionamento constante com o paciente, desde o agendamento até o resultado. Ao marcar o seu exame, o paciente recebe um SMS com o dia e hora agendados; no dia do exame, a UMA envia-lhe um lembrete sobre o seu horário; e, assim que o resultado fica pronto, imediatamente uma mensagem é encaminhada ao cliente, avisando-o sobre a disponibilidade no site da clínica.
Além dos benefícios para o paciente, a plataforma agiliza a estrutura de atendimento, diminuindo o fluxo de retorno dos pacientes na busca de exames e reduzindo gradativamente o volume de filmes e insumos da clínica. Além de melhorar o atendimento direto ao paciente, a Uma adota processos e rotinas sustentáveis, que contribuem com o meio ambiente, como, por exemplo, a economia do uso de papel.
A UMA é uma clínica avançada de diagnóstico por imagem. Mais que as iniciais do nome, UMA descreve a proposta do corpo clínico especializado que se reuniu para criar esta Unidade de Medicina Avançada. O princípio norteador é vivenciar, por meio de diagnóstico por imagem, uma relação humanizada com o paciente.
A equipe da UMA está envolvida em oferecer um serviço diferenciado, em que o paciente se sinta seguro, confortável e obtenha diagnóstico confiável e precoce de diversas doenças ou patologias do corpo inteiro.

Serviço: U.M.A (Unidade de Medicina Avançada)
Atendimento ao Público: (17) 3214-4666
Rua do Seminário, 2387 – São José do Rio Preto – SP

Mesmo não sendo uma data comemorativa, o Dia Nacional do Combate ao Câncer deve ser lembrado devido à evolução dos tratamentos da doença. Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) mostram que os cânceres são a segunda maior causa de morte por doença no país, muitas vezes por falta de informação ou diagnóstico precoce.

Continue Dia Nacional do Combate ao Câncer. Faça parte desse combate você também.

O câncer de próstata é o 6° tipo de câncer mais comum no mundo onde 62% dos casos diagnosticados ocorrem em homens com 65 anos ou mais. 44% dos homens na faixa etária dos 40 anos nunca foram ao urologista e não se submeteram ao exame de toque. Por isso, neste dia 17, buscamos a conscientização e a prevenção contra o câncer de próstata.

Continue Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata

Agendamento

Agende seu exame aqui.

Ligue, Agende! 17 3214-4666