UMA – Exames de Imagem e Diagnóstico

Bem-vindo ao site da UMA – Exames de Imagem e Diagnóstico

WHATSAPP AGENDE! 17 99681-3796
Ligue, Agende! 17 3214-4666
Arquivos

tomografia

A Tomografia Computadorizada fornece imagens mais precisas do que as do Raio X, detectando alterações muito pequenas em ossos, tecidos, órgãos e outras estruturas do corpo. É atualmente, o exame de escolha para investigar nódulos ou tumores e vasos pulmonares, cerebrais e do coração.

Imagine um pão de forma, a Tomografia Computadorizada é um exame que gera imagens em fatias, que podem ser analisadas em 360°, por isso torna tão preciso o diagnóstico.

Existem muitos tipos de exames de Tomografia Computadorizada que ajudam os médicos de maneira não invasiva na prevenção, acompanhamento e detecção de várias doenças. Tumores e metástases, nódulos em todo o corpo, doenças do cérebro, coração, pulmão, esse exame garante o diagnóstico completo.

O exame de Tomografia é totalmente indolor e não ocasiona nenhum incômodo ao paciente. Pode ser realizado por pessoas de todas as idades e sua execução é simples e rápida. O Complexo UMA oferece esse exame de excelência diagnóstica. Não deixe de cuidar da sua saúde. Previna-se. Procure o seu médico e cuide-se.

colonoscopia virtual

Um dos mais modernos exames de diagnóstico por imagem é a Colonoscopia Virtual, já realizado com sucesso na UMA.

A Colonoscopia Virtual é utilizada para identificar sinais de câncer colo-retal e também para localizar pólipos no interior do intestino grosso, que podem ser pré-cancerosos.

O procedimento utiliza a tomografia computadorizada para obter imagens do intestino grosso. Após a realização da tomografia, um computador combinará as imagens dimensionais (2D) e tridimensionais (3D) do cólon e do reto.

Estimam-se no Brasil, para 2016, 16.660 casos novos de câncer de cólon e reto em homens e de 17.620 em mulheres. Estes valores correspondem a um risco estimado de 16,84 casos novos a cada 100 mil homens e 17,10 para cada 100 mil mulheres.

Segundo a médica, Andréa de Caires Souza, especialista em radiologia e diagnóstico por imagem da clínica UMA, a Colonoscopia Virtual permite o rastreio/diagnóstico precoce destas lesões, especialmente em doentes que não podem, ou não toleram, fazer colonoscopia convencional.

Diferentemente da técnica convencional, a Colonoscopia Virtual é uma técnica não invasiva e segura, que não necessita de sedação nem anestesia, afirma a médica.

Já a colonoscopia convencional utiliza um colonoscópio, que é um longo tubo com uma luz. Este tubo flexível, que é colocado no interior do cólon e do reto, utiliza uma pequena câmara para enviar as imagens para um monitor de vídeo em tempo real. Normalmente é feita uma sedação do paciente com anestesia.

Como é que o exame é realizado

Após realizar um preparo prévio com medicações laxativas e dieta, o paciente é submetido a uma tomografia computadorizada da região abdominal. Imediatamente antes do exame é introduzido ar no interior do seu intestino através de uma pequena sonda colocada no reto. O tempo total para realização deste exame é cerca de quinze minutos.

cardiologia exame

O coração ganhou mais um aliado na prevenção e diagnóstico de doença coronária, que pode levar a um ataque cardíaco – uma das principais causas de morte no Brasil.

A novidade agora é exame de tomografia computadorizada realizado pela equipe de diagnóstico cardiológico da UMA, que produz imagens precisas do coração sem necessidade de cateterismo e com menor radiação.
Segundo a médica Mariane Spotti, cardiologista e especialista em imagem do coração da Uma (Unidade de Medicina Avançada), até agora os pacientes precisavam fazer dois exames para identificar a doença coronária: o cateterismo, que identifica o grau de obstrução das artérias do coração, e a cintilografia com estresse, que avalia como está o fluxo sanguíneo na região obstruída.

“Sabemos que os exames invasivos apresentam riscos e com a TC excluímos os pacientes saudáveis, que não apresentam placas obstrutivas nas artérias, e muitas vezes eram submetidos ao cateterismo sem necessidade”, afirma a médica. Cerca de 50% das pessoas que passam pelo cateterismo não têm obstrução ou têm o problema em grau mínimo, aponta Mariane.

Já a médica Marina Bellini, radiologista e especialista em imagem do coração da Uma, a Tomografia é indicada ainda para avaliar com precisão a quantidade e os locais onde estão instalados os vasos obstruídos nos pacientes com a doença arterial coronariana. “O mapeamento contribui para que os exames invasivos sejam mais eficientes e assertivos”.

Para a médica Marina Bellini, a Tomografia Computadorizada também identifica qual a situação das artérias e permite que o paciente acompanhe a evolução do seu caso.
A tomografia é um exame rápido e indolor. E o mais importante: com baixa radiação. O paciente recebe, inicialmente, o contraste e, na sequência, é instalado no equipamento de tomografia. Todo o procedimento leva em torno de 15 minutos.

pet

O PET-CT, a mais revolucionária técnica de diagnóstico por imagem, é uma das novidades da UMA (Unidade de Medicina Avançada) de São José do Rio Preto. A sua principal indicação é na oncologia, para a detecção de tumores, entre eles câncer de pulmão, esôfago, colo-retal e mama, além de linfomas e melanomas. O equipamento também permite acompanhar a progressão do tratamento.
A grande vantagem do PET-CT no diagnóstico por imagem é a união das tecnologias. Em um único exame, ele realiza Tomografia põe Emissão de Pósitrons (PET, na sigla em inglês) Tomografia Computadorizada, assim, ele tem a capacidade de medir o metabolismo das lesões e mostrar a presença de alterações funcionais no organismo, antes mesmo que a anatomia seja afetada.
Isto permite o diagnóstico precoce de doenças neoplásicas, o que é essencial para um tratamento mais eficaz e curativo. O exame pode mudar a conduta terapêutica em aproximadamente 40% e 60% nos estadiamentos e reestadiamentos.
O exame é seguro e não invasivo. O PET-CT consegue reduzir a dose de radiação para o paciente e apresentar sensibilidade elevada para diagnóstico e acompanhamento. Em muitos casos, é possível eliminar a necessidade de outros exames e procedimentos cirúrgicos arriscados no diagnóstico das doenças, reduzindo os custos e o desconforto para o paciente.
O PET-CT é um exame consagrado para detectar nódulos pulmonares solitários. O diagnóstico por imagem tem sensibilidade de 98% para detectar recorrência tumoral e previne cirurgia desnecessária em 1/5 dos pacientes suspeitos. O PET, como detector de metástase de câncer de pulmão, pode diferenciá-la de lesões benignas com precisão de 91%.
No caso do melanoma, câncer de pele extremamente agressivo, o exame tem papel fundamental tanto na fase de diagnóstico como para a investigação de reincidência da doença e também na avaliação da resposta terapêutica. O PET-CT é especialmente útil nos casos em que há suspeita de metástases, que não aparecem em outros exames de imagem, além de auxiliar no diagnóstico diferencial entre nódulos benignos e malignos.

Outros usos
Na cardiologia, o PET com F18 – FDG é padrão-ouro para avaliar viabilidade miocárdica. O exame contribui na decisão de se tomar uma conduta clínica e/ou realizar uma revascularização ou transplante de um paciente com doença isquêmica crônica cardíaca.
Já na neurologia, o PET-CT fornece informações importantes sobre demências, principalmente na suspeita Doença de Alzheimer, Doença de Parkinson, epilepsia e outras condições neurológicas.
COMO É FEITO
O paciente recebe uma injeção intravenosa de glicose marcada com um composto radioativo que se distribui pelo corpo todo, mas que se concentra em maiores quantidades nos tecidos tumorais. A partir daí, o contador de cintilações acoplado à tomografia colhe as imagens, que aparecerão como manchas ou regiões de brilho mais intenso nas áreas em que houver tumores. Por meio da análise dessa intensidade, o exame detecta a atividade metabólica tumoral: quanto maior o tumor, mais intenso é o brilho. As doses de radiação emitidas pelo radiotraçador administrado são pequenas e muito seguras.
COBERTURA
O PET é coberto pelo SUS e planos de saúde nos casos de Nódulo Pulmonar Solitário. Também são cobertos pelo SUS os seguintes tumores: câncer pulmonar de células não pequenas, comprovado por biópsia; linfoma; câncer no colo-retal; câncer de mama metastático, quando os exames de imagens convencionais apresentarem achados equívocos; câncer de cabeça e pescoço; melanoma; e câncer de esôfago.

UMA – UNIDADE DE MEDICINA AVANÇADA
Rua do Seminário, 2387 – Boa Vista
Tel. – 3214-4666

Agendamento

Agende seu exame aqui.

Ligue, Agende! 17 3214-4666